Você já ficou com o cabelo destruído depois de uma química ou tratamento que não deu certo?  Faz tempo que não faz manutenção no seu cabelo e ele está detonado? Isso é mais comum do que parece para o desespero de muitas mulheres.

Bastam luzes ou tintura mal feita, falta de cuidados periódicos um produto que não foi tão bom assim para o cabelo parecer que jamais será o mesmo. Mas você não precisa cortá-lo para resolver o problema. Há várias formas de salvar o seu cabelo destruído.

Selecionamos 5 dicas essenciais para quem está com o cabelo neste estado e mais alguns cuidados que precisa ter para evitar o problema. Confira!

Cabelo destruído por química

É o pior tipo de problema capilar relacionado à tratamento que existe. Um tratamento que reagiu mal, foi mal feito ou em que se utilizou produtos de qualidade duvidosa podem deixar o seu cabelo destruído por muito tempo. O corte é a solução mais definitiva, para aqueles casos mais extremos, mas não é a única opção.

Você sabia que são os tratamentos como luzes, alisamentos, progressivas, descoloração, mechas californianas, escova definitiva são os tratamentos que mais dão problemas? Por isso, a prevenção é o primeiro alerta que deve seguir. Se o seu cabelo precisa de reconstrução ou está sensível, evite estes tratamentos químicos.

cabelo destruído

O segundo passo de prevenção é optar por um profissional de confiança. Muitos problemas com química poderiam jamais ter acontecido se a pessoa procurasse um profissional habilitado, com experiência e que conhecesse o seu cabelo.

Evite química em cabelos que já possuem outros procedimentos químicos e que estejam muito detonados. Por exemplo, se você fizer mechas e luzes em um cabelo já danificado, é muito provável que ele ficará seco, emborrachado ou irá se romper. Se o seu cabelo está precisando de cuidado, deixe as químicas para outro momento e trate primeiro os seus fios.

Reconstrução e cauterização

Uma cauterização ou reconstrução pode ser uma saída profissional para solucionar o problema. Mas jamais faça estes tratamentos em dias que irá tingir ou usar outras químicas. Respeite o tempo da cauterização. Evite fazer mais de um tratamento em um mês.

Não corte o seu cabelo. Salve-o!

Cortar renova os fios e o visual, mas nem sempre é a solução para um cabelo destruído. Primeiramente, descubra as causas de um cabelo detonado. Por exemplo, se as causas forem fisiológicas, de nada adianta cortar os fios, pois o problema não irá passar. Recorra ao corte apenas quando as pontas estiverem muito detonadas.

Cabelo destruído por causas fisiológicas

Muitas vezes a causa de um cabelo detonado são fisiológicas, como problemas hormonais, estresse, alimentação inadequada e falta de vitaminas. Neste caso, procure um médico. No caso de queda excessiva, procure um dermatologista especialista.

cabelo destruído

Suplementos ricos em biotina, pantotenato de cálcio, Dl- Alpha Tocopheryl Acetato, Dl-Metionina, Extracto de Millet Seco, L, L-Cistina, Piridoxina e Riboflavina são os melhores para restaurar cabelos e unhas. Aposte neles!

Invista na sua alimentação

Cabelo destruído pode ter a sua causa na alimentação. É preciso cuidar dos seus fios por dentro e por fora. A alimentação é essencial para recuperar o seu cabelo. Consuma proteínas saudáveis (carne vermelha, carne branca e ovos), que são alimentos ricos em biotina.

cabelo destruído

Priorize os alimentos ricos em Ômega 3 (peixes de águas frias, nozes e semente de linhaça, por exemplo), pois trata-se de um importante antioxidante e anti-inflamatório natural. Prefira ainda alimentos ricos em vitamina A e C, ricos em ferro e magnésio.

Evite o calor

O calor excessivo do uso de secador, chapinha ou baby liss podem tornar o seu cabelo destruído. Se o cabelo já está sensível, evite usar estes aparelhos de calor. Mas se precisar utilizá-los, utilize sempre um produto de proteção térmica – há no mercado para todos os tipos de cabelo.

Aprenda a lavar os seus cabelos

Muitas pessoas não sabem, mas o xampu tem uma grande importância na saúde dos seus cabelos. O xampu e o condicionador correto evitam agressões que deixam o cabelo destruído. Leia sempre o rótulo dos produtos. Há muitos ativos que fazem muito mal para os fios e para a sua saúde (e eles são muito comuns): sulfatos, parabenos, chumbo, triclosan, fragrâncias, entre outros.

cabelo destruído

Evite produtos que contenham estas substâncias e prefira os xampus neutros, naturais e ainda opte pela prática do no poo, com opções alternativas ao xampu. Lave bem a raiz e espalhe o restante do produto para a extensão dos fios.

Aprenda a pentear os seus cabelos

Muitas vezes o problema é a forma como você penteia ou escova os seus cabelos que piora o estado de um cabelo destruído. Se você está tratando, opte por aprender a escovar adequadamente. Prefira as escovas com materiais naturais, que dão menos frizz.

cabelo destruído

Use os leave-in para proteger os fios na hora de pentear o cabelo molhado. Segure a base dos fios na hora de desembaraçar para não puxá-los e rompê-los.

Faça cronograma capilar

O cronograma capilar é uma solução caseira é fácil de manter para garantir a saúde dos seus cabelos e evitar o cabelo destruído. É muito simples: na semana, defina os dias de cuidados com os seus fios. Este será o seu truque de prevenção e para ter uma cabelo sempre lindo e saudável. Use produtos de qualidade. Por exemplo, defina os dias de limpeza (lavagem e condicionamento), os de reconstrução, os de hidratação, os de nutrição, etc. Não se esqueça da umectação com óleo de coco (uma ou duas vezes por semana é indicado). Veja o exemplo:

cabelo destruído

Veja também: 5 TENDÊNCIAS PARA CABELOS 2018 QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Gostou deste guia de soluções para salvar o seu cabelo destruído? Deixe um comentário e compartilhe esta matéria em suas redes sociais. Siga-nos no Instagram!